pixel facebook

Criação de Sites

O conceito de micro-momentos surgiu há cerca de 5 anos e foi criado pelo Google. Diz respeito aos momentos de formação da escolha e decisão do consumidor que ocorrem durante a jornada de compra, com ênfase no ambiente digital. Micro-Momentos e smartphones Na prática, os micro-momentos seriam aquelas ocasiões em que o consumidor dá uma pausa em seus afazeres para pesquisar por coisas de seu interesse. Coisas que possam sanar necessidades ou resolver problemas.Logo após experenciar um micro-momento, a pessoa retorna para as tarefas do dia a dia. Assim, esses instantes valiosos podem acontecer via computador, porém, são mais comuns por meio de dispositivos móveis. Cerca de 94% dos usuários de smartphones pesquisam informações em seus aparelhos quando estão no meio de outras atividades.Nesse contexto, é importante salientar que a massificação dos dispositivos móveis mudou muito o comportamento dos consumidores. Isso fez com que o tempo de navegação diário aumentasse. Atualmente, 92% dos brasileiros possuem smartphones e 75% recorrem primeiramente a eles quando surge uma nova necessidade de pesquisa e conhecimento.A seguir, vamos conhecer as 5 categorias de micro-momentos, cada uma delas representa oportunidades diferentes e interessantes para cada tipo de negócio. Micro-Momento 1: Eu quero saber Esta primeira categoria é quando o usuário...

"Como faço para gerar mais tráfego para meu site?" Essa com certeza é a pergunta que mais ouvimos aqui na WE3 Online. Para garantir bons resultados é importante ter um esforço diário e contínuo de análises, investimento em ferramentas e criação de bons conteúdos. Vamos explicar com mais detalhes. Como gerar mais tráfego? Um site sem tráfego não gera visitas, leads e oportunidades, seja de vendas ou de relacionamentos. E ninguém quer isso, não é mesmo? Por isso, hoje vamos falar exclusivamente de estratégias gratuitas que você já pode aplicar no seu site e blog. O que é tráfego orgânico? O tráfego orgânico são todos os acessos vindos através de pesquisas realizadas pelos sites de busca (Google, Bing) de forma 100% gratuita. Para que o tráfego orgânico dê resultados, você precisa produzir conteúdo de qualidade, originais e que surpreendam positivamente seu público-alvo. Invista em entrevistas, vídeos, infográficos e artes que possam ser facilmente compartilhados em outros canais de comunicação, tais como redes sociais e e-mail marketing.O que você quer contar para as pessoas? Como você quer ser encontrado? O que sua empresa faz? Tem alguma novidade? Assim, é importante definir as palavras-chave que melhor traduzem o seu negócio. Por isso, utilize ferramentas como o...

Uma das principais ferramentas para otimizar uma página para sites de busca é o uso de Heading Tags. Mas o que são Heading Tags? Você já deve ter reparado que em muitos sites há diversos títulos e subtítulos para uma matéria. Esses títulos e subtítulos são chamados de Heading Tags. São os famosos H1, H2, H3, etc. Mas o que são Heading Tags H1, H2, H3? Esse subtítulo acima foi um exemplo de H2. Ou um "heading tag de nível 2". Elas são tags HTML cujo propósito é marcar um título. Quanto menor o número, mais alta é sua importância. Na prática, quando você quer colocar um título na linguagem HTML, você o coloca entre as tags <h1> e </h1>. Caso seja um título secundário, utiliza as tags <h2> e </h2>.Vamos a um exemplo prático. Vamos supor que você queira a seguinte estrutura de títulos e subtítulos: Heading Tag de Nível 01 Heading Tag de Nível 02 Heading Tag de Nível 03 Heading Tag de Nível 04O código-fonte ficará assim:<h1>Heading Tag de Nível 01</h1> <h2>Heading Tag de Nível 02</h2> <h3>Heading Tag de Nível 03</h3> <h4>Heading Tag de Nível 04</h4> Qual a importância das heading tags para o SEO? As heading tags - ou simplesmente títulos - são fundamentais para que o...

No post de hoje, iremos falar quais os melhores plugins para Wordpress na nossa opinião. Primeiramente, é importante entender que o Wordpress é atualmente a maior plataforma de CMS (Content Manager System, ou Sistema de gerenciamento de conteúdo) da internet. Segundo o próprio Wordpress.org, estima-se que 34% dos sites são feitos usando a plataforma Wordpress.Além da fácil instalação e suporte, um dos grandes diferenciais do Wordpress é a possibilidade de instalação de plugins. Assim, em termos leigos, plugins são pequenos programas que podem ser instalados na plataforma para executar determinada função.Tome o seguinte exemplo: em um site forma da plataforma Wordpress, se você precisar criar um banner rotativo, seu programador deveria fazer esse desenvolvimento do zero. Ou, na melhor das hipóteses, reaproveitar algum código-fonte próprio ou de terceiro.Na plataforma Wordpress, essas demandas são atendidas por plugins desenvolvidos pelas grandes empresas (tal como o Google e Facebook) ou pequenos desenvolvedores independentes. Assim, esses desenvolvedores resolveram disponibilizar para a comunidade um código-fonte para essa finalidade.Assim, em vez de programar do zero, você simplesmente baixa algum plugin que atenda sua necessidade. Lista dos melhores plugins para Wordpress Com essa dinâmica entendida, vamos à lista dos melhores plugins para Wordpress em nossa modesta opinião. 1) Combo Contact...

O Google Analytics é, certamente, a ferramenta mais usada para qualquer profissional de marketing digital. Mas a cultura da análise de dados em marketing começou um pouco antes, no início dos anos 2000, com o Google Adwords (rebatizado para Google Ads). E com essas novas ferramentas, os profissionais de marketing passaram a ter acesso a uma infinidade de informações dos usuários.A partir de 2005, principalmente com o lançamento do Google Analytics, consolidou-se a mensuração e análise de dados. E assim, sua aplicação no marketing.Portanto, mais de uma década depois do lançamento dessa extraordinária ferramenta, temos um novo desafio: como identificar quais métricas são realmente importantes para seu negócio.Dessa forma, são tantas informações e tantos cruzamentos possíveis de métricas que a maior habilidade necessária para o gestor de marketing é conseguir contextualizar todas essas informações e embasar a tomada de decisão. Quais relatórios acompanhar no Google Analytics? Para se familiarizar com os relatórios do Google Analytics, uma dica valiosa é a seguinte: comece sempre pela Visão Geral.Atualmente, o Google Analytics é dividido em 5 partes: Tempo Real, Público, Aquisição, Comportamento e por fim, Conversões. Fizemos um breve resumo de cada um deles, para facilitar sua localização nessa infinidade de informações. Como falamos acima,...